GALERIA

Shell fechou acordo com Gerdau para desenvolvimento de parque fotovoltaico no Brasil


A siderúrgica brasileira Gerdau assinou acordo de cooperação com a Shell Brasil para o desenvolvimento de um parque fotovoltaico no município de Brasilândia de Minas, no norte de Minas Gerais. Este contrato contempla a possibilidade de constituição de joint venture com capacidade instalada de 190 MW.

O parque Aquarii fornecerá uma parte da energia limpa para as unidades produtoras de aço da Gerdau e outra para ser vendida no mercado livre, por meio da comercializadora de energia da Shell, a partir de 2024.

A joint venture, que terá igual participação das duas empresas, faz parte da estratégia de transição energética e descarbonização de ambas. É uma iniciativa voluntária da Shell Brasil na oferta de produtos e serviços de energia mais renovável e sustentável, em linha com a busca da Gerdau por uma matriz energética mais limpa.

A Aquarii também vai vender energia para consumidores livres, ajudando a aumentar o parque gerador do estado de Minas Gerais e contribuindo para a segurança energética da região com mais energia renovável.

“Este é o primeiro projeto de energia solar da Shell no Brasil, um marco que diversifica ainda mais a atuação da empresa no país e está totalmente alinhado ao nosso propósito de oferecer mais energia de forma mais limpa. A presença de um parceiro como a Gerdau, nesta viagem nós estamos muito orgulhosos e é um sinal de confiança neste propósito da Shell e em sua capacidade como desenvolvedora de soluções energéticas para seus clientes. Vamos caminhar juntos rumo à transição energética e em uma região estratégica para ambas as empresas ”, comentou Guilherme Perdigão, Diretor de Geração de Energia da Shell Brasil.

“A joint venture para o desenvolvimento e aproveitamento do parque solar Aquarii faz parte de um sólido plano de investimentos em energias renováveis ??na América. A iniciativa reforça a visão de longo prazo da empresa e seu compromisso com a inclusão de fatores ASG como fundamentais pilares para as decisões estratégicas da empresa ", disse Juliano Prado, vice-presidente da Gerdau e chefe da Gerdau Next, nova divisão de negócios.

 

Comentarios

  • Sé el primero en comentar...


Deja tu comentario